Comer é um ato político: entidades apresentam carta-compromisso sobre Alimentação para candidatos à eleição 2018

Na última quinta-feira, 27 de setembro, iniciativas pela Segurança Alimentar e Nutricional, Alimentação Saudável e Adequada e contra os agrotóxicos se uniram em Florianópolis para apresentar cartas-compromisso aos candidatos à eleição de 2018, durante o ato Candidato, o que tem no seu prato?, realizado no SindSaúde, no Centro da capital. Quatorze candidatos a deputado federal e estadual e um candidato a governador assinaram a carta durante o ato, que teve a presença de mais uma candidata a deputada estadual e de assessores políticos também. A engenheira agrônoma Gisa Garcia Barreto, da equipe Cepagro, representou nossa organização e a Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável no evento.

Além da mesa de abertura com representantes das entidades presentes, a programação contou com um espaço para os candidatos que se comprometem com a Segurança e Soberania Alimentar e Nutricional e o Direito Humano à Alimentação Adequada e Saudável apresentarem e debaterem suas propostas, que vão da agricultura familiar e agroecologia à nutrição, saúde e gastronomia. Quatro documentos foram elaborados para cobrar dos candidatos um comprometimento com as temáticas, que segundo as entidades deveriam estar na centralidade das plataformas eleitorais, mas não estão. Apenas três planos de governo à presidência da república mencionam os temas e segundo os realizadores os mesmos “são abordados de modo pouco qualificado, não acompanhando o aprofundamento do debate gerado no Brasil nas últimas décadas pelos movimentos sociais e conselhos, à exemplo do Consea, Aliança e frentes contra os impactos dos agrotóxicos”, comenta Gabriella Pieroni, do Movimento Slow Food Brasil.

Candidato, o que tem no seu prato_-2

“O Brasil é considerado um exemplo em várias ações e políticas públicas na área da alimentação e da nutrição mas ainda temos muito o que avançar, principalmente no campo de legislativo e regulatório. Precisamos urgentemente assumir leis e resoluções que já são realidade em outros países como a taxação de bebidas açucaradas e a proibição de venda destas bebidas em escolas além da melhoria das informações nos rótulos dos alimentos ultraprocessados” frisa Ana Ana Carolina Feldenheimer, membro do Comitê Gestor da Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável.

No contexto específico de Santa Catarina, o Consea-SC defende prioridade à agenda em defesa da soberania e segurança alimentar dos povos através da garantia de condições para implementação do Plano Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional, elaborado de forma participativa. Já o Fórum Catarinense de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos e Transgênicos, composto por 93 entidades, propõe ações de redução ao uso dos agrotóxicos e estímulo à Agroecologia nos níveis municipal, estadual e federal.

Em escala nacional, a Aliança  elencou dez pontos que vão da amamentação e alimentação escolar a medidas fiscais e regulação da publicidade, para que haja um monitoramento do estado e sociedade das ações nocivas a saúde. A Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e pela Vida também cobra dos governos uma reação ao incentivo dado ao veneno pelo estado alertando sobre seus males.

A iniciativa foi do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional de Santa Catarina (Consea-SC), Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável, Slow Food Brasil e Fórum Catarinense de Combate ao Impacto dos Agrotóxicos e Transgênicos e conta com o apoio do Instituto de Defesa do Consumidor – IDEC, Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e pela Vida, Centro de Estudos e Promoção da Agricultura de Grupo e Núcleo de Pesquisa de Nutrição em Produção de Refeições (NUPPRE).

CANDIDATOS QUE ASSINARAM AS CARTAS:
Afrânio Boppré – PSOL – candidato a Deputado Federal
Cleusa Correa Lima – PSL – candidata a Deputada Estadual
Décio Lima – PT – candidato a Governador
Edileuza Fortuna – PSOL – candidata a Deputada Estadual
Elson Pereira – PSOL – candidata a Deputado Estadual
Eunice Antunes Kerexu – PSOL – candidata a Deputada Federal
João de Deus Medeiros – REDE – candidato a Deputado Federal
Marcos José de Abreu – Marquito – PSOL – candidato a Deputado Estadual
Padre Pedro – PT – candidato a deputado estadual
Dirceu Dresch – PT – candidato a deputado Federal
Adriano de Martini – Adrianinho – PT – candidato a deputado estadual

E estavam presentes:
Jana Marla dos Santos Alves – PSL – candidata a Deputada Estadual
Fernando Coelho Correa – assessor do candidato a deputado estadual Cesar Valduga
Rui da Luz – assessor do candidato a deputado federal Pedro Uczai

*com informações da Aliança pela Alimentação Saudável e Adequada e Slow Food Brasil

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s