Arquivo da categoria: Notícias

Mês de agosto agitado para a Revolução dos Baldinhos

Confira a agenda de Agosto da Revolução dos Baldinhos:

03 e 04/08 – Capacitação do Projeto  WET –  6 jovens da comunidade Chico Mendes participarão das atividades de capacitação vinculadas a este projeto. Durante os próximos 6 meses, dois jovens da comunidade serão monitores de compostagem em duas escolas públicas do Norte da Ilha. Serão realizadas oficinas quinzenais de compostagem para as escolas e comunidades do entorno.

05 e 06/08 Participação no IV Encontro de Ação Social e Biodanza e I Encontro de Educação Biocêntrica do Sul – Realizado pela ONG Rinaci, em parceria com a ONG Moradia e Cidadania. Iremos apresentar a experiência da Revolução dos Baldinhos e participar por dois das vivências do Encontro. Será no município de Gravatal, e a Revolução estará representanda por Lene, Karol, Jéssica, Everton e Marcos. Agradecemos a ONG Moradia e Cidadania, que apoiou a Revolução por 3 meses no início deste ano, sendo fundamental à continuidade das ações.

09/08 – Participação no Evento do Grupo de Resíduos Sólidos de Florianópolis, No Calçadão do Mercado Público – teremos um estande, com expsoição  dos baldinhos, bombonas, composto produzido na comunidade, mudas, canteiros alternativos e banner’s, além da venda de composto orgânico peneirado. No palco, apresentação do Projeto durante 1 hora, com as músicas do Mano Maicon (incluindo o Rap dos Baldinhos). O Evento acontecerá durante o dia inteiro, e todos os jovens envolvidos com a Revolução estarão participando, além da equipe do Cepagro e da Kátia Lalau (Creche Chico Mendes).

10/08 , às 14hs – Palestra na associação comunitária do Morro do Tico Tico, articulado pelo Dr Renato – uma solicitação que não poderíamos deixar de colaborar, com este médico que foi nosso principal apoiador no início do projeto. Estará presente Lene, Karol, Kátia e Marcos.

25/08 – Em Florianópolis (SC), será realizado o Seminário Estadual de Lançamento do 4º Prêmio ODM Brasil. Um representante do CEPAGRO irá proferir palestra sobre o projeto “A Revolução dos Baldinhos”.

Maiores informações com Marcos José de Abreu: (48) 9926-6422 / marcos@cepagro.org.br

Revolução dos Baldinhos vence prêmio de Preservação Ambiental

A ADVB (Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil) concedeu o prêmio de Preservação Ambiental ao projeto Agricultura Urbana e Revolução dos Baldinhos, no último dia 22.

A distinção foi entregue à Eletrosul, que financiou parte do projeto. Todas as atividades foram realizadas pela equipe técnica do Cepagro em conjunto com os/as agentes comunitários/as da comunidade Chico Mendes. A Revolução dos Baldinhos segue funcionando e com vistas à ampliação da capacidade de reciclagem de resíduos orgânicos.

Saiba mais sobre o prêmio aqui.

Terceirização da alimentação escolar em SC está com os dias contados

Há pouco menos de 2 anos, 4 empresas privadas passaram a fornecer 100% da alimentação escolar na Rede Estadual de Ensino de Santa Catarina. Não bastasse o fato de estas mesmas empresas serem alvo de investigações criminais em outros estados, a medida fez com que o custo anual da alimentação subisse 55%.

A terceirização também excluiu uma importante alternativa de renda para os agricultores familiares do Estado. O quadro agora começa a ser revertido. O governador Raimundo Colombo declarou recentemente que não irá renovar os contratos com as empresas. A alimentação escolar deverá ficar sob responsabilidade dos munícipios ou das SDR’s (Secretarias de Desenvolvimento Regional).

Leia matéria completa, publicada no Diário Catarinense de 23/07/2011

Veja mais: em audiência pública na Assembléia Legislativa, o presidente do Cepagro Natal Magnanti denuncia a terceirização

 

Agroecologia e educação no interior de SC

Apesar de viverem em propriedades rurais, algumas crianças de Imbuia e Leoberto Leal (Alto Vale do Itajaí-SC) relatam que não há sequer uma horta em suas casas.

O motivo é o envolvimento das famílias com a monocultura do fumo ou da cebola, que requerem intensa mão-de-obra e pesada carga de agrotóxicos.

Em projeto educativo financiado pela KNH, o Cepagro contribui para alterar esta realidade. No vídeo, apresentamos o Seminário de avaliação de 1 ano do projeto, com oficinas de agroecologia e plantas medicinais, além dos depoimentos de educadores das escolas rurais.

Revolução dos Baldinhos integra documentário de circulação nacional

O documentário “A Educação e o Mosca Morta”, que mescla esquetes de ficção com projetos ambientais de SC, incluindo a Revolução dos Baldinhos, foi lançado no último domingo em Florianópolis.

O filme é uma das 8 obras da série “Somos 1 Só“, e será exibido pela TV Cultura e SESCTV.

De maneira crítica e bem-humorada, “A Educação e o Mosca Morta” mostra a importância da educação e do engajamento comunitário na busca permanente de soluções ambientais menos impactantes.

Em audiência pública, agricultores agroecológicos de SC reivindicam políticas para o setor

Desde o ano passado, uma lei federal obriga as prefeituras a comprarem no mínimo 30% da alimentação escolar diretamente de agricultores familiares. Se a mesma lógica fosse aplicada pelo governo do Estado, um mercado de R$ 12 milhões por ano poderia fomentar esta cadeia e alavancar importantes processos de transição agroecológica no campo, fixando jovens e suas famílias.

“Infelizmente, a alimentação escolar em SC é terceirizada, e apenas 4 empresas privadas ficam com o bolo de R$ 41 milhões”, afirmou o agrônomo Natal João Magnanti, presidente do CONSEA-SC (Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional), durante a audiência pública realizada na ALESC em 31/05. Em nome do CONSEA e da Rede Ecovida, Magnanti cobrou do Parlamento providências em relação a esta grave distorção.

Outras demandas foram levantadas, como incentivo à alternativas agroecológicas para os ex-fumicultores, tributação diferenciada aos produtos orgânicos, fortalecimento das estruturas de comercialização e maior fomento à pesquisa e extensão. Agricultores da Rede Ecovida também expuseram seus anseios na tribuna, reforçando o protagonismo das bases na formulação de políticas públicas.

Reuniões para discussão das reivindicações apresentadas, com participação dos movimentos agroecológicos e entidades do segmento, foram agendadas pelo Parlamento, que assumiu em público o compromisso de dar encaminhamento às questões.

Nos links abaixo, fotos dos eventos que marcaram a Semana Nacional do Alimento Orgânico em SC:

Audiência Pública e café da manhã orgânico

Feira agroecológica, palestras e reuniões

Cepagro atende 41 escolas do Programa Educando com a Horta Escolar

Criado a partir de cooperação técnica entre o FNDE/MEC (Fundo Nacional para Desenvolvimento da Educação) e a FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação), o Programa Educando com a Horta Escolar conjuga ações pedagógicas que visam a segurança alimentar e nutricional, partindo dos educandos para as crianças, destas para suas famílias e assim ecoando comunidades afora.

Com a disponibilização de 5 Engenheiros Agrônomos, o Cepagro oferece assistência integral a 41 unidades educativas de Florianópolis para implementação municipal do Programa, beneficiando um universo de 100 educadores que por sua vez compartilham os saberes com aproximadamente 12 mil educandos, na educação infantil, ensino fundamental e educação de jovens e adultos.

Abordando os conceitos fundamentais da agricultura ecológica, da reposição de solo através da compostagem aos ciclos e técnicas de plantio, as atividades didáticas instrumentalizam os beneficiários no atendimento à autossuficiência e qualidade nutricional, através do aproveitamento de quintais e espaços comunitários para o cultivo de espécies alimentícias, num ciclo virtuoso que promove saúde e cuidado com a terra.

Saiba mais no site nacional do Programa

 

Cepagro integra workshop nacional sobre fumicultura e tabagismo

Por iniciativa do Instituto Nacional de Câncer (INCA) e da Sociedade Brasileira de Cardiologia, foi realizado nos dias 17/05 (Rio de janeiro) e 18/05 (São Paulo) o Workshop  “A Situação do Fumo no Brasil e no Mundo: Um Olhar sobre 31 de Maio – O Dia Mundial sem Tabaco”, dirigido à imprensa brasileira.

Charles Lamb, coordenador-geral do Cepagro, foi convidado para apresentar a diversificação produtiva nas propriedades fumicultoras de Santa Catarina, voltada a um universo de famílias em vulnerabilidade por endividamento, pelos riscos à soberania alimentar e à saúde, causados no contexto do atrelamento às corporações fumageiras.

Neste ano, o tema do Dia Mundial sem Tabaco, definido pela OMS, é a Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco – um tratado mundial de saúde pública, do qual o Brasil é signatário, que executa medidas amplas e articuladas para controle do tabagismo, da criação de alternativas econômicas aos fumicultores ao aprofundamento das campanhas contra os malefícios do fumo, passando pelo incremento da tributação, proibição do tabaco em lugares públicas e outras medidas de grande impacto positivo na sociedade.