Mutirão agroecológico transforma quintal produtivo no Campeche

Na manhã desta quarta-feira, 11 de julho, um grupo de 12 consumidores de produtos orgânicos se reuniu para realizar um mutirão agroecológico num quintal produtivo no Campeche. A atividade foi uma extensão da primeira etapa do Curso de Formação Consumo Consciente e Responsável e Agroecologia, do projeto Consumidorxs e Agricultorxs em Rede, apoiado pela Misereor e composto pelo Cepagro e outras ONGs de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. Eduardo Rocha e Erika Sagae, da diretoria do Cepagro e equipe técnica do projeto, participaram da atividade, que mobilizou também estudantes, produtores orgânicos, professores e outros consumidores  de Florianópolis.

A primeira atividade local foi na casa de Margareth Mcquade, analista de sistemas e consumidora da cesta de orgânicos da Comunidade que Sustenta a Agricultura. Ao longo da manhã, os consumidores colocaram a mão na terra e deram uma cara nova para o quintal de Margareth, que ganhou hortas e duas composteiras. “Eu olho para esse quintal há tanto tempo, mas nunca tenho tempo e quando faço alguma coisa é um pouquinho aqui e ali. De repente você vê em um dia esse resultado todo e todo mundo impondo a sua energia e a sua carinha na horta, é fantástico”, conta Margareth.

O coletivo já participa das formações do projeto e resolveu manter atividades locais até que a próxima etapa do curso aconteça.   Assim, eles colocam em prática o que aprenderam, trocam conhecimentos e fortalecem o vínculo entre os consumidores da comunidade.

Além do quintal transformado, o mutirão teve como fruto o compartilhamento de conhecimentos sobre o cultivo e o consumo dos alimentos, troca de mudas orgânicas e o fortalecimento do coletivo, que para Margareth é muito importante: “Isso do coletivo é uma coisa que a gente precisa aprender mais a fazer, usar mais isso, porque o coletivo agrega, deixa a gente forte.  Até mesmo entre os vizinhos, agora por causa do mutirão a gente conheceu o vizinho do lado que veio por causa do movimento na horta. Então os seus pares vão se encontrando”.

Ao final da atividade houve um almoço, também preparado a muitas mãos, onde o grupo combinou as próximas atividades que serão realizadas.

Para mais informações sobre o Projeto Misereor em Rede acesse: cepagroagroecologia.wordpress.com/projeto-misereor-em-rede

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s