História, Geografia e Cultura Indígena são cultivadas na horta pedagógica de Antônio Carlos

No início de setembro, as turmas do 3º ano da Escola Municipal Dom Afonso Niehues, em Antônio Carlos (SC), onde o Cepagro está implementando uma horta pedagógica, tiveram uma vivência diferente: coordenadas pelos técnicos Karina Smania de Lorenzi e Ícaro Pereira, as crianças plantaram uma roça indígena. “Levamos música dos índios guarani e alguns artefatos como cestas, tipiti, peneiras de açaí. Trabalhamos a importância que teve e tem o indígena das Américas na nossa alimentação, pois muitos dos alimentos que comemos hoje foram os índios que iniciaram o cultivo”, explica Karina.
Karina e Ícaro mostraram alguns dos alimentos originários das Américas, como mandioca,  batata-doce, batata, milho, amendoim, abacaxi, feijão, abóbora, girassol, tomate, taiá. “Levamos também urucum, lembrando que esta planta era utilizada pelos indígenas para repelente de insetos e protetor solar. Neste momento muitos alunos lembraram que as mães utilizam o urucum como colorau”, completa Karina.
Foram construídos 3 canteiros, sendo um deles o formato sugerido pelos/as estudantes, de estrela.
“Todas essas plantas, raízes e sementes mostradas na atividade foram plantadas no canteiro, num espaço onde chamamos de roça indígena. Os alunos ficaram a vontade em tirar os calçados e trabalhar com o pé na terra”, conta Karina.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s