Conselho Estadual de Alimentação Escolar de SC emite nota pública a respeito de repasse do FNDE

Diante de suas atribuições legais, o Conselho Estadual de Alimentação Escolar de Santa Catarina (CEAE/SC) vem desde 2013 denunciando sérias irregularidades na merenda escolar do Estado.

Dentre os principais problemas relatados em um dossiê, destacam-se: má qualidade dos alimentos; grande quantidade de produtos industrializados (formulados em pó); alimentos com prazo de validade vencidos; falta de estrutura física e equipamentos adequados; descontentamento das merendeiras por questões trabalhistas; ausência de corpo técnico de nutricionistas para acompanhamento do programa; não cumprimento da Lei 11.947/2013 que exige a aplicação de, no mínimo, 30% dos recursos do programa na aquisição de gêneros da agricultura familiar local, entre outros.

A precarização de infraestruturas é uma das irregularidades denunciadas
A precarização de infraestruturas é uma das irregularidades denunciadas

Por conta de tais problemas ainda não solucionados, o FNDE suspendeu os repasses federais para a alimentação escolar no Estado para o ano de 2015. Diante do impasse, o CEAE/SC posicionou-se através de uma nota pública, disponível abaixo na íntegra.

Nota Publica CAE Estadual 2015

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s