Seminário Estadual de Agricultura Urbana

DATA: 22 e 23/05/2014

LOCAL: Assembleia Legislativa de Santa Catarina – Florianópolis (SC)

Para inscrições*, siga o passo-a-passo:

1) Clicar neste link para cadastro e inscrição;

2) Enviar e-mail de confirmação para: seminarioausc@gmail.com

3) Realizar o credenciamento: Na secretaria do evento Sustentar 2014, durante a manhã de 22/05, fazendo a opção pelo tema Agricultura Urbana

* Participantes regularmente inscritos terão direito a Certificado, que deve ser retirado no final da tarde de 23/05

PROGRAMAÇÃO (Para visualização ou download, na janela abaixo:)

O que é Agricultura Urbana?

Praticada dentro ou nos arredores e periferias de uma cidade, a Agricultura Urbana e Periurbana (AUP), é uma tendência crescente principalmente em países em desenvolvimento. Um levantamento da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) revelou que aproximadamente 20% dos alimentos frescos consumidos no mundo são produzidos em áreas urbanas, por cerca de 800 milhões de pessoas. Outro dado importante divulgado pela FAO é de que os gastos com alimentação absorvem de 60% a 70% do rendimento das populações de baixa renda das cidades, que frequentemente convivem com a dificuldade de acesso a uma alimentação de qualidade e com a tendência à homogeneização dos hábitos alimentares, prevalecendo dietas com baixos valores nutricionais e carentes de vitaminas e sais minerais.

Neste contexto, as diferentes experiências com agricultura urbana mostram-se como tecnologias sociais capazes de promover a segurança alimentar nas cidades. Mas a promoção do direito à alimentação não é a única contribuição da AUP, e é por isso que agências multilaterais, governos de diferentes níveis, sociedade civil e universidades têm organizado debates sobre outras temáticas articuladas a esta prática, que incluem:

– geração de trabalho e renda;
– sustentabilidade e resiliência das cidades;
– bens comuns e acesso à recursos como terra e água;
– soluções à crise dos 3F (Finance, Fuel, Food);
– planejamento urbano e regeneração ecológica urbana;
– justiça ambiental;
– preservação de biodiversidade e conhecimentos ancestrais no urbano.

O Seminário Catarinense de Agricultura Urbana

Face a estas preocupações, o Grupo de Trabalho de Agricultura Urbana e Periurbana do CONSEA / SC, que vem trabalhando o tema da AUP a partir de diferentes ações no estado de Santa Catarina, considerou pertinente realizar o Seminário proposto. Assume os seguintes objetivos gerais; debater e contribuir para a construção do tema a partir das características do território de Santa Catarina; construir uma agenda coletiva para o desenvolvimento e aprimoramento do tema no estado; sensibilizar gestores públicos, entidades e comunidades para a promoção de práticas e iniciativas de AUP; conhecer as perspectivas de diferentes atores sociais e políticos sobre o tema.

O Seminário insere-se numa agenda composta por eventos que terão lugar em 2014, com questões transversais ao tema da agricultura urbana e periurbana, não só no contexto brasileiro, mas em diferentes partes do mundo. Do local ao global, temos a comemoração dos 10 anos do CONSEA – SC (Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional de Santa Catarina), a realização de atividades para o Plano Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica, o Ano da Agricultura Familiar promovido pela FAO e a realização do Fórum Mundial Urbano, realizado neste ano em Medellín Colômbia, onde AUP está na pauta de diferentes redes internacionais como a Food for Cities da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura), dentre outros.

GT de Agricultura Urbana

Formado em 2012, o Grupo de Trabalho (GT) sobre Agricultura Urbana e Periurbana no Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA/SC) é composto por membros da sociedade civil e poder público envolvidos com o tema da AUP e tem como objetivo aprofundar e orientar os CONSEA’s Estadual e municipais sobre esta temática. Além disso, o GT pretende contribuir para a divulgação de projetos e ações e assessorar o desenvolvimento de programas e políticas públicas no estado e no território nacional. Outra meta do GT é realizar um mapeamento qualificado dos diferentes tipos de experiências de AUP realizadas em SC.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s