Agroecologia e educação no interior de SC

Apesar de viverem em propriedades rurais, algumas crianças de Imbuia e Leoberto Leal (Alto Vale do Itajaí-SC) relatam que não há sequer uma horta em suas casas.

O motivo é o envolvimento das famílias com a monocultura do fumo ou da cebola, que requerem intensa mão-de-obra e pesada carga de agrotóxicos.

Em projeto educativo financiado pela KNH, o Cepagro contribui para alterar esta realidade. No vídeo, apresentamos o Seminário de avaliação de 1 ano do projeto, com oficinas de agroecologia e plantas medicinais, além dos depoimentos de educadores das escolas rurais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s